Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Realidade Misturada. Você sabe o que é cada uma?

Representar as coisas do mundo real em 2 dimensões é uma das formas mais antigas de representação humana. Até fazemos esculturas, mas elas não se movem, diferente de um filme no cinema. Desde os primórdios até hoje, continuamos a basicamente ver o mundo atrás de uma tela. Seja em pinturas, desenhos, televisão ou em um celular. O mundo 3D ficou acessível e chegou para finalmente mudar isso.

Três termos estão bastantes difundidos mas ainda causam confusão quando são citados: a realidade virtual, a realidade aumentada e a realidade misturada. A realidade virtual acontece quando se entra de fato em outro mundo, totalmente virtual. Isso acontece por meio do uso de óculos 3D. Esses óculos fazem o usuário olhar em volta e ver um mundo totalmente diferente do mundo real.

Homem olhando um mesa vendo um objeto virtual parecido com uma turbina sobre a mesma.
Exemplo de Realidade Misturada

Já a realidade aumentada não tem a ver com óculos, mas sim com mostrar o mundo real em uma tela normal (celular, TV ou computador) e nela exibir objetos virtuais. Um exemplo famoso são a língua e as orelhas virtuais que o instagram e o snapchat colocam nas selfies nos telefones celulares. Outra aplicação bem conhecida é o jogo Pokémon GO. A  realidade aumentada básica funciona por meio de um desenho chamado marcador. O programa ou aplicativo percebe a posição do marcador por meio da distorção da imagem dele pelo ângulo. Assim, ele percebe se o marcador está na horizontal, inclinado etc. Baseado nessa informação, projeta um objeto 3D visto a partir do ângulo que o marcador indica. Porém, com os avanços em reconhecimentos de imagem, começou a não ser mais necessário os antigos marcadores. Assim, o computador já pode reconhecer a posição só com a imagem da câmera. Nos aplicativos de celular por exemplo, se reconhece a posição dos olhos e da boca e são projetados os objetos virtuais diretamente em cima desses pontos de referência.

Diagrama demonstrando um celular filmando um marcador e depois o marcador com um galinha 3D em cima dele na tela do celular. Demonstrando o funcionamento da Realidade Aumentada.
Diagrama de funcionamento de Realidade Aumentada
Fonte: http://playmear.com/blog/how-does-augmented-reality-work/marker

A realidade misturada nasce quando se une a realidade virtual com a realidade aumentada. Ao se colocar um óculos 3D, em vez de entrar em um mundo virtual, o usuário continua vendo o mundo real. Porém, os objetos virtuais são colocados sobre o mundo real, misturando assim as realidades. Isso é possível de 2 formas: a primeira é colocando câmeras nos óculos 3D que passam a exibir o mundo real através das telas em frente aos olhos do usuário;e a segunda forma é em vez de usar telas com câmeras em frente a cada olho para mostrar o mundo real, são usadas lentes transparentes como um óculos normal e os objetos virtuais são projetados diretamente sobre essas lentes.

Já vêm sendo criadas muitas aplicações para as interações com o mundo 3D. Apesar de ainda ser um pouco caro e haver poucas aplicações para o uso da realidade misturada pelo consumidor comum, nos próximos anos ela será bem acessível. No ramo dos jogos, vagarosamente, já está se estabelecendo o uso de óculos 3D por exemplo. Assim, se você fica ansioso com essas novidades como eu, pode ficar mais tranquilo, que logo logo você estará falando sozinho, se movimento aleatoriamente e usando um óculos estranho na sala da sua casa!

Abaixo temos exemplos de alguns vídeos que mostram as tecnologias funcionando.

Realidade virtual:

Realidade aumentada:

Realidade misturada:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *